Arquivo de etiquetas: Líbia

De volta à Líbia

A solução de um governo no exílio é problemática, desde logo porque não foi sufragado eleitoralmente. Mas não só. Um executivo imposto, rotulado de unidade nacional, poderá ter por missão “apelar” à intervenção estrangeira e limitar-se a confirmar tudo o que outros actores estatais externos vierem a fazer. Será eventualmente considerado um governo fantoche pelos parlamentos de Tobruk e Tripoli e dificilmente será aceite pelas milícias e pelo povo. Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Etiquetas , , , , , , | 1 Comentário

“Como derrotar o Estado Islâmico”

Blake Hall testemunhou a eficiência dos esquadrões da morte xiitas na capital e refere a sua não surpresa quando os xiitas empurraram os sunitas para fora do processo político logo que as forças americanas deixaram o território. Estas representavam a única força neutra no país e, portanto, a última esperança para a aproximação de longo prazo entre xiitas e sunitas. Parecia evidente, em 2007, que as forças de segurança do Irão tinham tomado conta do Ministério do Interior iraquiano. E que os iranianos nunca permitiriam que os sunitas partilhassem o poder no Iraque. Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Hillary sobre Kaddafi: “We came, we saw, he died!”

Regozijo deplorável! Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Um eixo de resistência

A guerra na Síria, destinada a forjar a futura identidade da região, tem sido uma guerra por procuração com o objectivo de conferir vantagem à componente sunita-saudita sobre um “eixo de resistência”, no qual está integrado o Irão, o Iraque xiita, a Síria e o Hezbollah, considerados mais perigosos por Israel. Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário