Bilal Erdoğan: detido por lavagem de dinheiro mas escapa com passaporte saudita falso

Bilal Erdogan

Bilal Erdoğan, foto de AWDnews.com

Se não é verdade há-de vir o desmentido de quem de direito.

“A Rai News 24 noticiou que o porta voz da polícia italiana, tenente-coronel Domenico Grimaldi, acusou a embaixada saudita em Roma de facilitar a evasão de Bilal Erdoğan, que tinha sido detido sob alegações de lavagem de dinheiro. A detenção fugaz de Bilal em Roma e a sua posterior fuga são as últimas de uma série de escândalos que atingem a família do Presidente Erdoğan.”

As actividades mafiosas continuam a enlamear o nosso sistema judicial e a Polícia do Estado é culpada deste lapso de segurança humilhante. Descobrimos também que um notório gangue activo na Calábria e Sicília foi contratado pela embaixada Saudita e conseguiu libertar o Sr. Erdoğan da prisão Regina Coeli” disse Grimaldi à AFP.

Deslocaram Bilal Erdoğan para o Hotel Excelsior, acrescentou Grimaldi, e Erdoğan foi gravado pelas câmeras a abandonar o hotel, vestindo roupa tradicional árabe e astutamente disfarçado de diplomata saudita; Bilal passou pelo controle de segurança usando um passaporte saudita falso e, acreditamos, não poderia ter escapado sem a conivência de um número de agentes da polícia no aeroporto Leonardo da Vinci.”

Rome’s Police spokesman: Saudi embassy helped Erdoğan’s son to escape the police custody; using a forged Saudi passport and disguised as an Arab diplomat

MC

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s