O Afeganistão continua a ser o que sempre foi

O Afeganistão continua a ser o que sempre foi, uma enorme e fragmentada extensão territorial habitada por povos com várias línguas, com divisões políticas resultantes de lealdades locais, de costumes, de senhores da guerra. Falta-lhe um substrato social e cultural que permita que instituições do tipo ocidental funcionem. Falta-lhe a capacidade para criar forças armadas e forças de segurança representativas que controlem todo o território. Falta coesão nacional, faltam factores de união. O Ocidente não conseguiu exportar a democracia e os direitos humanos para o Afeganistão. Pelo menos até agora.

https://www.washingtonpost.com/world/as-taliban-resurges-an-afghan-warlord-gains-power/2015/10/29/5e431aaa-21bf-4713-b681-7226681c18a1_story.html

MC

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s